Últimas notícias
Home / Notícias / Projeto de Lei que proíbe o uso de máscaras em manifestações públicas é aprovado pela Câmara

Projeto de Lei que proíbe o uso de máscaras em manifestações públicas é aprovado pela Câmara

Foi aprovado, em segunda discussão, na sessão desta quinta-feira, o Projeto de Lei criado pelo vereador Fernando Dini (PMDB) que proíbe o uso de máscara ou qualquer outra forma de ocultar o rosto do cidadão, com o propósito de impedir a sua identificação em reuniões e manifestações de pensamentos em locais abertos ao público. Ainda há a proibição clara de porte ou uso de qualquer arma, seja branca, pedras, bastões, tacos e similares.

Os manifestantes infratores serão advertidos verbalmente para que retirem a máscara ou descartem a arma. Persistindo na ação, a máscara ou arma deverá ser tomada da pessoa e ela será autuada. No caso de resistência, o agente público municipal poderá requerer apoio à autoridade policial.

O principal objetivo, segundo Fernando Dini é de preservar o lado pacífico do manifesto, como também identificar as pessoas que participam desses eventos com o único intuito de causar baderna, destruição e violência. “São oportunistas infiltrados em uma sociedade que se manifesta pelos seus direitos. Eles aproveitam-se da situação de aglomeração e de estarem mascarados para cometerem possíveis crimes e saírem de forma impune”, destaca o vereador.

O vereador ainda faz o comparativo com o manifesto dos “caras-pintadas”, nos anos 90. “Foi um protesto estudantil que mobilizou o país de uma forma pacífica. A rua foi tomada pelo povo, que reivindicou e conseguiu o que queria sem queimar pneu, sem depredar agências bancárias e lojas; e sem tombar e destruir viaturas. É essa ação fiscalizadora, cobradora que tem de ser feita. Sem violência, mas com a participação popular garantida”, diz.

Veja também

Sorocaba registra saldo positivo de empregos pelo quinto mês

Desempenho em maio foi de 1.849 vagas abertas com carteira assinada, conforme dados do Caged ...

Deixe uma resposta