Home / Notícias / Passageiros reclamam de superlotação em linha de ônibus

Passageiros reclamam de superlotação em linha de ônibus

Ônibus faz o trajeto entre o terminal São Paulo até o campus da UFSCar

A demora e a superlotação da linha de ônibus 80, que liga o terminal São Paulo até o campus Sorocaba, da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), estão provocando indignação entre os usuários do transporte público que fazem o trajeto. Os problemas não são de agora, estariam ocorrendo há cerca de oito meses.

A estudante universitária de Ciências da Computação, Beatriz Patrício, de 20 anos, disse que o tempo de espera para pegar o ônibus da linha 80/(UFSCar) é grande. Para chegar a tempo do início das aulas, a jovem vai no ônibus das 6h15. Depois disso, os ônibus que passam estão cheios. “No meu primeiro dia de aula, eu tive que vir com um carro de aplicativo para não perder a aula”, conta.

Outra pessoa, usuária do transporte público, que preferiu não se identificar, disse ao jornal Cruzeiro do Sul, que em outubro de 2021, fez uma reclamação para a Prefeitura, porém nada foi feito. Ainda segundo ela, a superlotação ocorreu mesmo durante o período da pandemia. A linha 80 é uma das poucas do transporte público que atendem a região da rodovia João Leme dos Santos, que possui condomínios no entorno. Ainda segundo essa pessoa, a demanda de passageiros é alta.

A estudante do curso de Engenharia de Produção, Isabela Oliveira, de 20 anos, disse que faz esse trajeto de ônibus todos os dias e, na maioria das vezes, está lotado.

A Urbes – Trânsito e Transportes foi questionada pela reportagem sobre o assunto e informou que está monitorando a linha e que teve início viagens-extras de apoio, para atender horários com maior demanda. Ainda garantiu que há uma nova programação otimizada de horários que será aplicada à essa linha, a partir dos próximos dias. Mas não informou em qual data específica.

Já a City Transportes disse que cumpre o que é determinado pela Urbes, que é responsável por definir os horários de partida, os números de viagens e os modelos, de veículo, que serão utilizados. (Inaiê Mendonça – programa de estágio)

Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul

Veja também

227 denúncias de violação de direitos contra idosos

Esse é o número de denúncias registradas por dia no Brasil de violência contra pessoas ...

Deixe uma resposta