Últimas notícias
Home / Notícias / Fernando Dini faz alerta e pede informações sobre o combate à gripe H1N1 em Sorocaba

Fernando Dini faz alerta e pede informações sobre o combate à gripe H1N1 em Sorocaba

Através de requerimento, o presidente da Câmara Municipal de Sorocaba, vereador Fernando Dini (MDB) está solicitando informações ao Poder Executivo, através da Secretaria Municipal de Saúde, sobre o combate à gripe H1N1 em Sorocaba.

O parlamentar lembra que a Campanha Nacional de Vacinação de 2019 contra a gripe foi iniciada em 10 de abril e se encerrará em 31 de maio. “No município – de acordo com informações da própria secretaria – a estimativa é de que 175.543 pessoas recebam a vacina e a meta é de imunizar pelo menos 90% dessa população.”

No documento, o vereador pede informações sobre o número de casos de H1N1 registrados em Sorocaba, nos anos de 2018 e 2019. “Também questionamos se a Secretaria de Saúde está preparada para atender na rede pública de saúde eventual aumento nos casos da doença, qual estrutura e medidas preventivas que estão sendo tomadas.”

Dini também pergunta sobre a situação atual do estoque do remédio Tamiflu, utilizado para o tratamento da gripe H1N1, que não pode ser encontrado em drogarias convencionais, apenas em postos de saúde da rede pública. “Queremos saber se o município tem recebido o medicamento, em qual periodicidade e em qual quantidade. Se não está recebendo, qual é o motivo e o que está sendo feito para resolver esse problema.”

O parlamentar ainda quer saber se existe alguma possibilidade de que seja liberada a vacina da H1N1 para pessoas fora dos grupos prioritários, com o objetivo de aumentar o número de pessoas imunizadas. “Ainda gostaríamos de saber se a Secretaria de Saúde tem uma rede de comunicação compartilhada com os outros municípios que fazem parte da Região Metropolitana de Sorocaba, que permite mapear e direcionar as ações no combate à gripe H1N1”, finaliza.

Veja também

Sorocaba registra saldo positivo de empregos pelo quinto mês

Desempenho em maio foi de 1.849 vagas abertas com carteira assinada, conforme dados do Caged ...

Deixe uma resposta