Últimas notícias
Home / Notícias / Em resposta a Fernando Dini, prefeitura diz que Sorocaba terá o “Censo Inclusão”

Em resposta a Fernando Dini, prefeitura diz que Sorocaba terá o “Censo Inclusão”

Em resposta a um requerimento feito pelo vereador Fernando Dini (PMDB), o prefeito José Crespo acenou com a possibilidade de Sorocaba poder contar com o “Censo Inclusão”. O objetivo do programa é de identificar, mapear e cadastrar o perfil socioeconômico e as condições de habitação e de mobilidade urbana das pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

De acordo com o documento enviado pelo chefe do Executivo, a instituição do Censo será possível através da Secretaria da Igualdade e Assistência Social (SIAS), já que a mesma secretaria tem a intenção de realizar o Diagnóstico Territorial por Abrangência de CRAS (Centro de Referência de Assistência Social), para mostrar a realidade do município com ações referidas aos grupos prioritários da Assistência Social.

As estratégias necessárias para a realização do Censo será realizada em conjunto com a Vigilância Socioassistencial, junto às famílias atendidas pela SIAS. “Nessa perspectiva, a municipalidade poderá instituir o Censo Inclusão, sendo que as ações pertinentes à SIAS terão caráter complementar às ações da Secretaria de Saúde, tendo em vista que a proposta do Censo visa utilizar as equipes de Estratégia de Saúde da Família, através dos Agentes Comunitários”, está descrito na resposta do requerimento.

Para Dini, o Censo Inclusão é fundamental para formular e executar políticas públicas que promovam a acessibilidade e a inclusão social dessas pessoas. “A falta de informação também é grande. Por exemplo, empresas querem contratá-los como funcionários, mas não sabem quais são os passos a seguir, como seguir com a oficialização do contrato. Precisamos do Censo para debatermos com o prefeito José Crespo quais serão os principais pontos a serem solucionados”, finaliza.

Veja também

Sorocaba registra saldo positivo de empregos pelo quinto mês

Desempenho em maio foi de 1.849 vagas abertas com carteira assinada, conforme dados do Caged ...

Deixe uma resposta