Últimas notícias
Home / Notícias / Discussão acaba em denúncia de quadrilhas de camelôs atuando centro de Sorocaba

Discussão acaba em denúncia de quadrilhas de camelôs atuando centro de Sorocaba

Quadrilhas endinheiradas que aliciariam trabalhadores para vender produtos falsificados e sem procedência foi uma das queixas na reunião

Insatisfação. Os comerciantes estão inconformados com a quantidadede camelôs que tomaram as ruas do centro de Sorocaba. A situação foi exposta durante reunião organizada pelo prefeito Rodrigo Manga, com a presença do vereador Fernando Dini (MDB), outras autoridades municipais e dezenas de comerciantes, na noite da sexta-feira (21), em um hotel na rua Monsenhor João Soares. “Exigimos providências imediatas ao prefeito. A denúncia é de quadrilhas organizadas de outras regiões do Estado que chegam em Sorocaba com mercadorias falsificadas, aliciando mão de obra análoga à escravidão e promovendo concorrência desleal com os comerciantes honestos que geram empregos e movimentam a economia no centro da nossa cidade”, enfatiza o vereador Fernando Dini.

A reunião foi organizada para dialogar sobre projeto de revitalização da região comercial do centro da cidade, mas bastaram poucos minutos para que os comerciantes ressaltassem a gravidade da situação dos camelôs que ocupam irregularmente os espaços dos pedestres para vender produtos falsificados, sem procedência e nenhuma garantia de qualidade. “Oferecem perfumes falsos em frente uma perfumaria, óculos que prejudicam a visão, na porta de óticas que comercializam produtos de qualidade”, expuseram. Um dos presentes declarou que muitos comerciantes abandonaram suas atividades, devolveram os seus imóveis e deixaram de gerar empregos porque não é possível sobreviver com concorrência tão desleal. A insegurança gerada pelos camelôs que chegam com armas brancas na cintura também gera apreensão.

O vereador Fernando Dini, além de cobrar imediata ação da Prefeitura, também comprometeu-se a, junto com os comerciantes, elaborar leis para valorizaras suas atividades na região central da cidade. Ressaltou a importância dos empregos que geram, da movimentação da economia e da manutenção de um comércio tradicional que atrai consumidores de toda a região de Sorocaba e não só da cidade. Adiantou que está elaborando um projeto de lei que vai levar ainda mais segurança para os centros comerciais.

Veja também

Sorocaba registra saldo positivo de empregos pelo quinto mês

Desempenho em maio foi de 1.849 vagas abertas com carteira assinada, conforme dados do Caged ...

Deixe uma resposta