Últimas notícias
Home / Galeria / Escola municipal não tem água e luz para retomar aulas

    Escola municipal não tem água e luz para retomar aulas

    Escola municipal não tem água e luz para retomar aulas

    Vereador Fernando Dini cobra providências há seis meses,
    mas escola continua sem condições para receber alunos

    Ao menos uma escola municipal não tem condições para receber os estudantes na próxima segunda-feira (8), data anunciada à imprensa pela Prefeitura como o dia do retorno das aulas 100% presenciais em Sorocaba. A unidade sequer tem água ou energia elétrica e internet. As portas foram arrombadas, entre outras avarias provocadas por invasões, depredações e furtos. É a situação da Escola Municipal Professora Odilla Caldini Crespo, no bairro Recreio dos Sorocabanos, na Zona Norte. “Absurdo, há exatos seis meses estamos cobrando soluções da Prefeitura sem que conseguissem recuperar a escola em tempo”, enfatiza o vereador Fernando Dini (MDB).

    O vereador Fernando Dini denuncia que a falta de eletricidade é consequência de furtos da fiação. Com a ausência da energia elétrica não há como ligar a bomba que distribui água no interior da escola e nem a internet funciona. Há 15 dias, uma empresa terceirizada pela Prefeitura iniciou a recuperação da rede elétrica, no entanto, uma equipe teria trabalhado durante três dias e não voltou para concluir o serviço, conforme relatam alguns pais. A empresa teria alegado que não possui os cabos e fiação de energia para instalar.

    A situação prejudica cerca de 750 alunos regularmente matriculados. Sem sequer água, as aulas parciais não foram retomadas e isso teria motivado o pedido de transferência para outras unidades, de aproximadamente 30 alunos. São prejudicados, crianças do ensino infantil da pré-escola 1 e pré-escola 2 e estudantes do primeiro ao quinto ano do ensino fundamental. Enquanto nas demais escolas houve a retomada parcial das aulas, nesta escola os alunos vão pessoalmente duas vezes por semana e apenas para retirar as tarefas com os professores.

    O vereador Fernando Dini volta a cobrar explicações da Prefeitura e protocolou requerimento questionando a situação nesta quarta-feira (3). No início de maio, o Legislativo aprovou matéria de autoria do vereador Dini, que pedia providências sobre a situação causada por sucessivas invasões e ocorrências. Em cinco meses já havia ocorrido nove invasões com arrombamentos e furtos. Naquela ocasião, o mantado do vereador registrou as imagens internas da escola, que são divulgadas com este texto.

    Veja também

    Sorocaba registra saldo positivo de empregos pelo quinto mês

    Desempenho em maio foi de 1.849 vagas abertas com carteira assinada, conforme dados do Caged ...