Home / Fernando Dini fiscaliza UPH Oeste e se coloca à disposição para cobrar soluções

Fernando Dini fiscaliza UPH Oeste e se coloca à disposição para cobrar soluções

O vereador Fernando Dini (MDB) fiscalizou a Unidade Pré-Hospitalar (UPH) da Zona Oeste, na manhã desta sexta-feira (11). A unidade da Prefeitura localizada na avenida General Carneiro é administrada pela organização social, Instituto de Atenção à Saúde e Educação (Aceni). No momento da visita, o ambiente era tranquilo, e na opinião dos pacientes, com ritmo de atendimento satisfatório. “Conversamos com a população, com os atendentes e a administração da unidade. Nos colocamos à disposição de todos para colaborar e cobrar providências em caso de alguma deficiência”, afirmou Fernando Dini.

A visita ocorreu por volta das 10h e naquele momento, dos 24leitos à disposição, oito estavam ocupados por pacientes aguardando transferências para um hospital. Duas ambulâncias estavam à disposição para fazer o transporte, mas dependiam de indicação da Central de Regulação (Cross), quando fossem desocupados leitos em hospitais. Nos consultórios, os médicos prestavam atendimentos aos pacientes. Segundo a administração, a unidade conta com três pediatras, cinco clínicos gerais e outros dois médicos socorristas.  

Durante a visita, o vereador não encontrou qualquer profissional de fiscalização da Prefeitura para acompanhar as atividades da Aceni. Chamou também a atenção as pessoas em situação de rua, sob marquises da UPH, principalmente da entrada do atendimento infantil, e em menor número na entrada dos adultos. O vereador está solicitando rondas da Secretaria de Cidadania para oferecer apoio às pessoas que dormem em frente àquela unidade de saúde.

Ampliação do Centro de Saúde Barcelona

O vereador Fernando Dini anunciou que vai trabalhar por melhorias no Centro de Saúde Barcelona. O objetivo é garantir menos espera por atendimento e cada vez mais qualidade. “A população cresceu e também envelheceu. A cada dia dependemos mais dos atendimentos de saúde, precisamos acompanhar o ritmo da cidade”, defende Fernando Dini.