Home / Notícias / Vereador Fernando Dini manifesta apoio à campanha Novembro Azul

Vereador Fernando Dini manifesta apoio à campanha Novembro Azul

Através da sua página oficial (www.fernandodini.com.br) e de seu perfil no Facebook (www.facebook.com/vereadordini), o vereador Fernando Dini (PMDB) está manifestando apoio à campanha “Novembro Azul”. Ela tem o objetivo de chamar a atenção e quebrar paradigmas, para a realidade atual do câncer de próstata e a importância do diagnóstico precoce.

Dini ressalta que o importante é focar no assunto não somente em novembro, mas durante todo o ano. “Essa doença é implacável e não tem data para se manifestar. O mês de novembro é fundamental para que esse cuidado, esse carinho que o homem precisa ter com ele mesmo, seja reforçado.”

Em 2015, centenas de ações ocorrerão em várias cidades do Brasil. Estão previstos Circuitos da Saúde, palestras em empresas para conscientizar os funcionários sobre a importância da prevenção, ações em estradas, estádios de futebol e locais públicos de grande circulação, além da iluminação de vários monumentos públicos de azul. “Este ano ainda criaram um portal (www.novembroazul.com.br), com um leque maior de informações. O objetivo é fazer com que o homem preste mais atenção a sua saúde”, lembra o parlamentar.

Sobre o Câncer de PróstataA próstata é uma glândula do sistema reprodutor masculino, que pesa cerca de 20 gramas, de forma e tamanho semelhantes a uma castanha. Ela localiza-se abaixo da bexiga e sua principal função, juntamente com as vesículas seminais, é produzir o esperma.

– EstatísticasO câncer de próstata é o tumor mais frequente no sexo masculino, ficando atrás apenas dos tumores de pele, e o sexto tipo mais comum no mundo segundo o INCA (Instituto Nacional do Câncer). A cada seis homens, um é portador da doença. A estimativa do INCA é de que, por ano, 69 mil novos casos sejam diagnosticados, um caso a cada 7,6 minutos.

– Diagnóstico – A doença pode demorar a se manifestar, exigindo exames preventivos constantes para não ser descoberta em estágio avançado e potencialmente fatal. Os exames consistem na dosagem sérica do PSA e no exame de toque retal, que são complementares, pois cerca de 20% dos casos não são detectados pelo PSA.

– Fatores de RiscoA recomendação é que homens a partir de 50 anos procurem um urologista para realizar os exames preventivos anualmente. Indivíduos com história familiar de câncer de próstata, da raça negra, sedentários e obesos devem iniciar a prevenção a partir dos 45 anos, pois possuem maior risco de desenvolver a doença.

– PrevençãoQuando diagnosticada precocemente as chances de cura da doença são de, aproximadamente, 90%.

Fonte: www.novembroazul.com.br

Veja também

Fernando Dini recebe comandante do 1º Subgrupamento do Corpo de Bombeiros

O capitão Kleber do Vale, comandante do 1º Subgrupamento do 15º Grupamento do Corpo de ...

Deixe uma resposta