Home / Notícias / Saiba o que é e como evitar as varizes

Saiba o que é e como evitar as varizes

O angiologista carioca Edson Amaro Neves, autor do livro Manual das Varizes, explica que as varizes são veias que se dilataram e ficaram “tortuosas” (mudaram de curso).

Elas podem se apresentar em diversas formas: apenas como pequenas linhas avermelhadas, azuladas ou na forma de nódulos escuros que saltam na pele. Em qualquer um dos casos, indicam problemas na circulação sangüínea e devem ser tratadas. O doutor Edson explica que as mulheres são mais propensas a desenvolver varizes do que os homens, numa proporção de um homem para cada quatro mulheres. Acredita-se que isto seja devido à influência dos hormônios sexuais femininos, mas os fatores genéticos também são muito importantes, assim como os hábitos e a saúde da paciente (a pílula anticoncepcional o salto alto, por exemplo, podem agravar o problema).

Como em quase tudo o que acontece de desagradável com o nosso corpo, a prevenção das varizes passa pelo estabelecimento de hábitos saudáveis como práticar exercícios regularmente, ter uma alimentação saudável, não fumar e evitar o estresse. Como observa o angiologista Edson Amaro Neves, embora os fatores genéticos não possam ser ignorados, hábitos saudáveis previnem e ajudam a curar varizes.

Mas existem alguns cuidados extras que podem ser tomados. Veja quais:

– Evite o uso de saltos altos, pois eles atrapalham a circulação do sangue.

– Consulte um médico e peça orientações específicas se for iniciar o tratamento com a pílula anticoncepcional.

– Evite o hábito de carregar pesos. Se isso for inevitável, procure alternativas como carrinhos com rodinhas, por exemplo.

– Não fique o dia inteiro na mesma posição. Se isso for inevitável, levante-se regularmente para liberar a circulação sangüínea.

– Tenha cuidado com exercícios como a musculação ou a aeróbica de alto impacto, porque provocam uma maior tensão nos vasos e, por conseqüencia, a sua dilatação.

– Evite permanecer em lugares quentes por muito tempo, como em saunas, sessões de bronzeamento ou banhos quentes, porque também provocam dilatação dos vasos.

– Sempre que possível, deite-se com as pernas elevadas, para favorecer o retorno venoso, já que os pés ficarão mais altos que o coração.

– Jamais trate as varizes sem o acompanhamento de um angiologista.

Dependendo do tipo de variz, existem formas de tratamento mais adequados. O importante é começar cedo, pois, quanto mais desenvolvidas estiverem as varizes, mais dolorosa e demorada vai ser a solução.

Para as varizes pequenas, a escleroterapia é o método mais utilizado, e consiste na aplicação de injeções nas veias. Essas aplicações também podem ser feitas sem injeção, por laser ou radiofreqüência.

Para as varizes de maior calibre, o método é o da microcirurgia, que, na maioria dos casos, pode ser feita até em ambulatório com anestesia local.

As meias de compressão elástica são indicadas na prevenção e tratamento da maioria das patologias vasculares, como as varizes ou as tromboses. No entanto, só quem pode indicar o uso das meias é o médico, depois de avaliar a paciente. A consulta é importante para que se possa avaliar a gravidade do caso e indicar o tipo correto de meia que deve ser usado, pois existem diversos modelos e graus de compressão.

Confira algumas dicas sobre as meias elásticas:

– Não deixe que as meias fiquem com dobras nos tornozelos e abaixo dos joelhos, para não bloquear a circulação.

– Esteja preparada para alguns desconfortos no começo do tratamento.

– A não ser em casos muito especiais, retire as meias na hora de dormir.

– Confira com seu médico se está usando as meias corretamente.

Fonte: Terra/Saúde

Veja também

Aprovado em 1ª votação, Projeto de Lei visa legalização de construções irregulares

Foi aprovado, por unanimidade, na Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Sorocaba, Projeto de Lei ...

Deixe uma resposta