Home / Notícias / Prefeitura intensifica campanha de combate ao abuso sexual de crianças e adolescentes

Prefeitura intensifica campanha de combate ao abuso sexual de crianças e adolescentes

Prevenir o abuso sexual de crianças e adolescentes é o principal objetivo da ação desenvolvida pela Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria de Igualdade e Assistência Social (Sias), que levará informações aos profissionais e cidadãos sorocabanos destacando a importância da proteção de crianças e adolescentes.

De acordo com a coordenadora do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) da Zona Norte, Valquíria Furlan, a campanha reunirá profissionais da rede intersetorial, como escolas, unidades básicas de saúde e lideranças comunitárias nas unidades do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) de todo o município “Será uma troca de saberes”, explica. Além disso, como forma de intensificar ainda mais o projeto, a Secretaria de Comunicação e Eventos (Secom), contribuirá com a veiculação de diversos materiais de orientação como distribuição de folhetos, banners e cartilhas, além da veiculação em mídias sociais.

Os dados apresentados pela Vigilância Socioassistencial, com informações da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), mostram que entre janeiro e julho deste ano, foram notificados 71 casos envolvendo vítimas de violência sexual, praticados contra crianças ou adolescentes. Destes números, apenas 21% dos jovens agredidos não conheciam seu agressor. Os demais, mantinham relações de parentesco ou amizade com ele, tendo a agressão, ocorrido muitas vezes no próprio núcleo familiar.

Segundo os dados, é possível constatar que, 33% das vítimas que sofreram agressão têm idades entre 11 e 14 anos; 24%, entre 7 a 10 anos; 20%, entre 4 a 6 anos; 18%, entre 0 a 3 anos; e 3%, entre 15 a 17 anos. Quanto aos autores da violência, apenas uma mulher foi identificada como agressora neste período. Estima-se que as denuncias e notificações são mínimas frente a quantidade real de casos.

Para Valquíria, a ação é importante para promover a sensibilização sobre esta questão. “Este é um tema que costuma mexer com as emoções de todos, muitas vezes, até com o medo de denunciar. Por isso, a importância é prevenir vidas e proteger as crianças e os adolescentes”, declara.

Veja também

Escolas particulares podem receber alunos a partir desta terça (8)

O retorno gradual das aulas presenciais nas escolas particulares de Sorocaba começa nesta terça-feira (8). ...

Deixe uma resposta