Home / Notícias / Porque Revolução Constitucionalista?

Porque Revolução Constitucionalista?

Para muitos historiadores, o termo “revolução” para o movimento constitucionalista de 1932 não é o mais adequado. Isso porque foi um movimento perpetrado pelas elites, cabendo melhor o termo “revolta”. De qualquer forma, a Revolução Constitucionalista de 1932Revolução de 1932 ou Guerra Paulista foi o primeiro grande levante contra a administração de Getúlio Vargas. Também o último grande conflito armado ocorrido no Brasil.

O movimento foi uma resposta paulista à Revolução de 1930, a qual acabou com a autonomia dos estados garantidas pela Constituição de 1891. As manifestações exigiam do Governo Provisório a elaboração de uma nova Constituição e a convocação de eleições para presidente.

Consequências: Foi registrado um saldo oficial de 934 mortos, embora estimativas não oficiais reportem até 2200 falecidos. Apesar da derrota no campo de batalha, politicamente o movimento atingiu seus objetivos. A luta pela constituição foi fortalecida e, em 1933, as eleições foram realizadas colocando o civil Armando Sales (1887-1945), como Governador do Estado, em 1935. Igualmente, em 1934 foi reunida a Assembleia Constituinte que faria a nova Carta Magna do país. Esta, no entanto, jamais seria elaborada por conta do golpe que instituiu o Estado Novo, em 1937.

Fonte: Toda Matéria

Check Also

Vereador Fernando Dini reúne-se com moradores da Zona Leste para debater a manutenção da UPH

O vereador Fernando Dini (MDB) reuniu-se com as associações de moradores dos bairros Vila Colorau ...

Deixe uma resposta