Home / Notícias / O que fazer e o que não fazer durante a greve dos bancários

O que fazer e o que não fazer durante a greve dos bancários

Bancários em diferentes cidades do país entraram em greve por tempo indeterminado nesta terça-feira (6). Os bancários reivindicam um reajuste de 16% nos salários, mas a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), ligada à Febraban, ofereceu 5,5%. A proposta foi recusada e a greve decretada.

É o 13º ano seguido que a categoria promove paralisação em todo o país. Mesmo com a paralisação, as pessoas precisam pagar as contas nos dias marcados. Se não fizerem isso, pagam juros e multas.

A Febraban divulgou uma lista dos serviços mais comuns e como eles poderão ser realizados durante a greve. Transferências, por exemplo, poderão ser feitas nos caixas eletrônicos, pela internet, por meio do aplicativo do banco para celular e pelo telefone. Confira a lista abaixo:

greve bancários

 

Veja também

Escolas particulares podem receber alunos a partir desta terça (8)

O retorno gradual das aulas presenciais nas escolas particulares de Sorocaba começa nesta terça-feira (8). ...

Deixe uma resposta