Home / Notícias / Museu Histórico de Sorocaba completa 60 anos

Museu Histórico de Sorocaba completa 60 anos

 Museu Histórico Sorocabano completou no dia 3 de março, 60 anos de criação. Instalado em um casarão de taipa, construído em 1780, pelos escravos de João Almeida Pedroso, o Museu, ao longo de seus sessenta anos, vem reunindo, preservando e disponibilizando informações através de objetos, documentos e imagens.

Segundo a secretária de Cultura, Jaqueline Gomes, o Museu tem muito para comemorar. A sua sede centenária, os acervos reunidos ao longo do tempo, seu arquivo de livros e documentos. Mas necessita de urgentes cuidados, a começar pela formação de umaequipe técnica para gerenciar tudo o que o Museu tem e pode oferecer, e propor diálogos com a população através de exposições, encontros, visitas monitoradas e utilização de novas mídias eletrônicas, disponibilizando seus acervos e serviços.

Atualmente, a Prefeitura de Sorocaba, através da Secretaria de Cultura, vem buscandorecursos visando à restauração do prédio, adequação do espaço em termos de acessibilidade e sanitários, formação de uma equipe técnica e de serviços e reordenação de seus acervos, avaliando a necessidade de restauração, digitalização e, principalmente, colocando-os à disposição da população e pesquisadores através de exposiçõestemáticas.

Estamos priorizando as necessidades. A primeira é a restauração do prédio do Museu. Para tanto, os recursos vêm sendo liberados. O segundo é a reabertura de seu arquivo, que se encontrava fechado há quase três anos.

Estamos, também, readequando toda a reserva técnica dos objetos que não se encontram expostos, avaliando necessidades de restauro, um novo cadastro atualizado e estudando mecanismos para que este acervo esteja acessível à população, seja no Museu, seja na própria Secretaria e seus equipamentos, mas que estejam disponíveis.

Museu é local de encontros com o passado, o presente e o futuro. Deve oferecer além da simples contemplação, discussões sobre os diferentes tempos que ele registra. Tem que ser questionador, apresentar de forma clara e instigante as relações ocorridas em nossa cidade, seja ela social, econômica e cultural. Deve ser dinâmico, interativo com seu público nos muitos recursos que existem na atualidade.

boa notícia é que seu Arquivo Histórico, que reúne expressiva coleção de livros da Câmara Municipal (antiga Prefeitura até 1942), de 1811 a 1920, livros de registros dos Cemitérios da Saudade e Consolação, além de obras de consulta, jornais, documentos, artigos e fotografias.
Este arquivo permaneceu fechado desde 2010 e agora reabre instalado em ampla sala na Secretaria de Cultura.

Todas as obras foram ordenadas, higienizadas e organizadas. As fotografias(aproximadamente 1.600) estão sendo higienizadas, digitalizadas, acondicionadas adequadamente e classificadas visando facilitar o acesso e consulta às mesmas. Estamoscom mais de 300 fotografias prontas para consulta digital, não mais com manuseio direto, o que comprometeria a integridade do documento, mas de uma forma adequada e rápida.

É um trabalho demorado, assim como a digitalização de documentos e livros. Nossa intenção é disponibilizá-los para consulta no arquivo e, posteriormente, de forma virtual.
O Arquivo estará aberto à consulta a partir de 12 de março, de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h às 17h. Nossa intenção é, com o tempo, ampliar esse horário, inclusive aos finais de semana. O ideal é que as pesquisas sejam agendadas previamente, a fim de que os funcionários já possam ir coletando as informações, diminuindo o tempo de espera do interessado.

Atividades em comemoração ao aniversário do Museu

Já estão programadas para o mês de março e abril, apresentações musicais de choro e seresta aos domingos, das 10h às 12h, no Museu. Estas apresentações terão início no próximo dia 9 de março.

Nos dias 7 e 14 de março, às 19h vai acontecer duas edições de Visita Noturna ao Museu, explorando o edifício e o acervo disponível através de um bate-papo sobre a História e curiosidades do Museu.

Em abril, em data a ser divulgada será aberta a mostra A Mão do Povo Sorocabano, abordando o trabalho, ferramentas e objetos produzidos por artesãos, mestres e artistas sorocabanos ao longo desses três séculos e meio de existência de nossa cidade. Desde a mão indígena trabalhando a fibra e a argila, aos primeiros povoadores com suas técnicas construtivas, terminando antes de chegar à industrialização e destacando artistas e artesãos que ainda mantêm técnicas ancestrais de produção.

Queremos, além de exibir as peças de forma cronológica, como vem ocorrendo, apresentar mostras temáticas, destacando em conjunto aspectos sobre o negro, o índio, o operário, as transformações sociais e culturais e o contemporâneo também, como resultado do processo histórico de transformação.

“Enfim, o Museu faz aniversário em março, mas terá extensa programação de atividades durante o ano todo. É um convite que faço a toda a população: visite o Museu, descubra o Museu, discuta o Museu. Não é um local de coisas velhas. Com um olhar atento, cada visitante se descobrirá também presente no Museu, enquanto sorocabano nato, migrante, imigrante ou como ser em permanente construção. O Museu, com certeza, tem uma parcela de cada um exposta ou a ser descoberta”, conclui Jaqueline.

Fonte: Secom

Foto: Zaqueu Proença/Secom

Veja também

Escolas particulares podem receber alunos a partir desta terça (8)

O retorno gradual das aulas presenciais nas escolas particulares de Sorocaba começa nesta terça-feira (8). ...

Deixe uma resposta