Home / Notícias / Mercado Municipal e a Torre do Relógio agora são patrimônios culturais imateriais de Sorocaba

Mercado Municipal e a Torre do Relógio agora são patrimônios culturais imateriais de Sorocaba

O prefeito José Crespo assinou na última segunda-feira (1) a lei municipal nº 11.796, instituindo o Mercado Municipal e a Torre do Relógio como patrimônios culturais imateriais de Sorocaba. A lei foi publicada na página 8 do jornal Município de Sorocaba da última terça-feira (2).

Iniciativa do vereador Fernando Dini (MDB), essa é uma homenagem ao Mercado Municipal, que completará 80 anos de história no dia 12 de outubro. Inaugurado em 1938, no estilo francês art-déco, o prédio é hoje um dos cartões postais da cidade.

Localizado na Rua Francisco Scarpa, no Centro, ao lado do monumento do relógio, doado pela imigração japonesa, o Mercado Municipal possui um grande valor cultural para os sorocabanos. O estabelecimento recebe em torno de 5 mil pessoas por dia, funcionando como um centro de convivência e de cultura gastronômica.

O imóvel foi tombado como patrimônio histórico de Sorocaba em 1988 pelo Conselho Municipal de Defesa do Patrimônio Histórico e tem grau de preservação 2. Em 1964, o Mercado Municipal ganhou o nome “Alcino de Oliveira Rosa”, através da lei municipal n 1.278, de 6 de novembro de 1964.

Check Also

Vereador Fernando Dini participa de feira de estudantes e pede mais políticas públicas voltadas aos jovens

Nesta sexta-feira (19) pela manhã, o vereador Fernando Dini (MDB) participou da abertura da 1ª ...

Deixe uma resposta