Home / Notícias / Fernando Dini cobra fornecimento de merenda escolar durante suspensão das aulas devido à pandemia

Fernando Dini cobra fornecimento de merenda escolar durante suspensão das aulas devido à pandemia

A medida tem como objetivo atender crianças em situação de vulnerabilidade social, sem que elas precisem se deslocar até a escola

Uma das consequências da suspensão das aulas na rede municipal de ensino, devido à pandemia do coronavírus, é o fato de alunos em situação de vulnerabilidade social, que dependem da merenda escolar, ficarem sem sua alimentação diária. O alerta é do vereador Fernando Dini (MDB), presidente da Câmara Municipal, que, por meio de requerimento protocolado na Casa, pede ao Executivo que encontre uma solução para que as crianças possam receber a merenda sem precisarem ir até a escola.

“É urgente uma decisão do poder público com o objetivo de garantir que os alunos e suas famílias tenham acesso facilitado aos alimentos durante o período de suspensão das aulas decorrentes da pandemia, mas sem que precisem ir até a escola, para evitar aglomerações”, argumenta Dini, lembrando que a distribuição de merenda escolar abrange as 151 escolas da rede municipal de ensino, onde atualmente estão matriculados cerca de 57 mil alunos.

O presidente da Câmara observa, ainda, que “o fornecimento da merenda escolar envolve contratos milionários com empresas terceirizadas, que, nesse momento de suspensão ou redução no fornecimento da merenda, podem ser repactuados, com o objetivo de fazer frente à situação e atender os alunos em situação de vulnerabilidade que dependem da escola não apenas pelo aprendizado, mas também pelo alimento”.

Check Also

Abusos e violências sexuais contra crianças e adolescentes precisam ser denunciadas

Maior parte dos casos ocorre no ambiente familiar da vítima   O Dia Nacional de ...

Deixe uma resposta