Home / Notícias / Fernando Dini pede mais atenção para os projetos esportivos da Terceira Idade

Fernando Dini pede mais atenção para os projetos esportivos da Terceira Idade

O vereador Fernando Dini (PMDB) utilizou a Tribuna da Sessão da Câmara desta quinta-feira para pedir mais atenção do poder público aos projetos esportivos da Terceira Idade.

Como exemplo, o parlamentar citou o Grupo de Idosos do Jardim Simus que já existe há 20 anos, reúne mais de 200 pessoas e já foi campeão diversas vezes dos Jogos Regionais do Idoso e outros vários torneios disputados em todo o Estado. “Precisamos incentivar o esporte na Terceira Idade e desenvolver políticas públicas que envolva esse grupo, trazendo maior debate e dignidade para quem pratica. Hoje, essas pessoas, além do reconhecido voleibol, ainda representa a cidade nas modalidades de atletismo, bocha, buraco, coreografia, dama, dança de salão, dominó, truco, malha, natação, tênis, tênis de mesa e xadrez”, diz.

Dini ainda cita que a pouca estrutura conseguida pelos idosos vem de colaboradores, como a academia Runner, o Sesi de Sorocaba e o Sesi de Votorantim. “Segundo os próprios idosos não há um investimento sequer na modalidade. Não possuem uniformes e nem tem recebem a alimentação para a disputa de jogos fora de Sorocaba. No Jardim Simus, onde treinam e mandam as partidas, não há arquibancada, fazendo com que todos os idosos permaneçam de pé para assistir. Enfim, é um descaso total”, relata.

E, de acordo com o relatado ao vereador, o pior ainda pode estar por vir. Em 2016, a Semes (Secretaria Municipal de Esportes de Sorocaba), pode cortar a verba destinada ao Grupo de Idosos e também transferir a responsabilidade pelo grupo a uma Associação. “Isso é um absurdo! Vamos encaminhar o abaixo-assinado que nos foi entregue e agendaremos uma reunião com o secretário de Esportes, Moko Yabiku, para pedirmos por melhorias. Hoje, pelo que me falaram, a Terceira Idade está na divisão de Esporte Comunitário e não de Rendimento. Só por essa ramificação já dá para percebermos que há uma confusão que precisa ser acertada o quanto antes”, cita.

Dini ainda cita que o poder público deve olhar para o esporte na Terceira Idade com outros olhos, como um verdadeiro investimento. “Hoje, essas pessoas que praticam as atividades no Jardim Simus, são pessoas saudáveis, que pouco vão ao médico ou posto de saúde. Elas primam e priorizam a qualidade de vida. São pessoas que ajudaram a construir a história de Sorocaba e precisam ser ouvidas e priorizadas”, finaliza.

Veja também

Escolas particulares podem receber alunos a partir desta terça (8)

O retorno gradual das aulas presenciais nas escolas particulares de Sorocaba começa nesta terça-feira (8). ...

Deixe uma resposta