Home / Notícias / Fernando Dini cobra informações detalhadas sobre Plano de Combate ao Mosquito da Dengue
Mosquito sucking blood on human skin with nature background

Fernando Dini cobra informações detalhadas sobre Plano de Combate ao Mosquito da Dengue

O número de mortes causadas pela dengue no Brasil teve um aumento de 163% no período de um ano, saltando de 139 no primeiro semestre de 2018 para 366 no primeiro semestre de 2019. Em face do aumento da letalidade da dengue e da confirmação de 560 casos da doença em Sorocaba no primeiro semestre deste ano, o vereador Fernando Dini (MDB), presidente da Câmara Municipal, por meio de requerimento aprovado na Casa, na quinta-feira, 26, solicita ao Executivo informações detalhadas sobre o Plano de Combate à Dengue no Município.

Em Sorocaba, dos 560 casos de dengue já confirmados, 481 são autóctones, 61 importados e 18 indeterminados, enquanto dos 35 de chikungunya registrados, 31 são autóctones e quatro importados, além de um caso importado de febre amarela. “Felizmente, não houve nenhum caso registrado de Zika, mas os números já são por demais preocupantes, pois se assemelham aos dados do período que antecedeu o grande surto de dengue ocorrido em 2015”, afirma Dini, lembrando que, naquele ano, Sorocaba contabilizou 52.575 casos de dengue, com 28 mortes.

Em seu requerimento, Fernando Dini quer saber se a Prefeitura está promovendo campanhas de prevenção e combate ao mosquito Aedes aegypti, em que regiões e de que forma; indaga se estão programados arrastões pela cidade, com visitas a imóveis e recolhimento de materiais inservíveis, e quais os setores da administração municipal e quantos servidores estão ou serão envolvidos nessas ações. Por fim, o presidente da Casa indaga se o município está preparado para oferecer o devido atendimento aos eventuais pacientes de Zika Vírus, Dengue ou Chikungunya.

Check Also

Presidente da Câmara participa de abertura da Expo CIEE

O presidente da Câmara Municipal de Sorocaba, vereador Fernando Dini (MDB), participou na manhã desta ...

Deixe uma resposta