Home / Notícias / Em resposta a requerimento de Dini, prefeitura confirma 11 mortes pela gripe H1N1 em Sorocaba

Em resposta a requerimento de Dini, prefeitura confirma 11 mortes pela gripe H1N1 em Sorocaba

Em resposta ao requerimento do vereador Fernando Dini (MDB), a prefeitura de Sorocaba, através da Secretaria de Saúde, confirmou a morte de 11 pessoas pela gripe Influenza A (H1N1). Em 2018 já foram registrados 26 casos. Em 2017 não houve registros da doença. “A administração municipal ainda garantiu que estão reforçando as orientações das equipes assistenciais de Atenção Básica de Urgência e Emergência para que Sorocaba permaneça preparada no combate à gripe”, diz o vereador.

Dini também questionou sobre a falta do remédio Tamiflu, utilizado para o tratamento da H1N1, que estaria em falta e só estaria sendo encontrado na UBS (Unidade Básica de Saúde) do Parque Laranjeiras. “O Poder Executivo garantiu estar mantendo contato com a DRS (Departamento Regional de Saúde), indicando a necessidade de aumentar o quantitativo disponibilizado ao município, pois o número de retirada do medicamento também aumentou”, ressalta.

A Secretaria de Saúde também afirmou ao vereador que já acresceram as crianças de 5 a 9 anos e adultos de 50 a 59 anos ao grupo prioritário de vacinação. “Porém, não há amparo técnico e epidemiológico para vacinação de pessoas que não pertençam a esse grupo”, citam em resposta ao requerimento.

A comunicação entre as cidades da Região Metropolitana de Sorocaba, através da DRS-16, também estaria garantida. “O frio voltou forte nos últimos dias em Sorocaba. Por isso, a atenção deve ser redobrada, não somente por parte da administração municipal, como também da população, que deve procurar a vacina e tomar os cuidados para evitar o contágio pela H1N1”, finaliza.

Confira também

Sorocaba realizará segundo dia “D” contra pólio e sarampo

A Secretaria de Saúde (SES) já está realizando os preparativos para o segundo dia “D” ...

Deixe uma resposta