Home / Notícias / Fernando Dini cobra serviço de correio na Zona Norte e volta a pedir agência na Zona Leste

Fernando Dini cobra serviço de correio na Zona Norte e volta a pedir agência na Zona Leste

Através de requerimento, o vereador Fernando Dini (MDB) está solicitando a regularização do serviço de correspondência na Zona Norte do município e voltou a cobrar uma agência dos Correios na Zona Leste.

O parlamentar recebeu as reivindicações principalmente dos moradores dos conjuntos habitacionais do Carandá, Altos do Ipanema e Viver Melhor, que juntos concentram uma população aproximada de 22 mil habitantes. “Fomos procurados pelos síndicos dos conjuntos habitacionais Carandá, Altos do Ipanema e Viver Melhor (liderados pelo presidente do CAIS VM – Valério Gisoldi), que nos trouxeram essa demanda.”

De acordo com os moradores havia uma pendência com relação à prefeitura, com a instalação de placas indicativas com os nomes das vias instaladas e a indicação de numeração dos imóveis de forma ordenada. “Porém, essa etapa já teria sido vencida. Resta agora os correios darem início ao trabalho de entrega ordenada dentro desses bairros”, diz o vereador.

No requerimento à administração municipal, inclusive, Dini cobra a informações dessas medidas que já teriam sido tomadas e pede uma previsão para a efetiva implementação do serviço de correspondência. “Acreditamos na sensibilidade não somente da prefeitura, mas como também do gerente de negócios dos Correios, César Tadeu Menezes Reis, para que a solução para o problema venha o quanto antes.”

AGÊNCIA NA ZONA LESTE – O vereador ainda espera ter uma reunião nos próximos dias com a diretoria dos Correios para novamente debaterem a necessidade de uma nova agência na Zona Leste. “É uma luta de anos. Recebemos todos os dias pedidos para que houvesse novamente uma agência dos Correios nessa região e esperamos que esse anseio da população seja atendido”, finaliza.

Veja também

Aprovado em 1ª votação, Projeto de Lei visa legalização de construções irregulares

Foi aprovado, por unanimidade, na Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Sorocaba, Projeto de Lei ...

Deixe uma resposta