Home / Notícias / Defesa Civil faz campanha de orientação sobre Plano Verão em terminais de ônibus e áreas de risco

Defesa Civil faz campanha de orientação sobre Plano Verão em terminais de ônibus e áreas de risco

A Defesa Civil de Sorocaba faz desta segunda-feira (11) até sexta-feira (15), uma campanha de orientação e conscientização sobre os assuntos pertinentes ao Plano Verão 2017/2018.

Para isso, os agentes da Defesa estão entregando filipetas temáticas no Terminal Santo Antônio e nas áreas consideradas de risco, com dicas de “Como se proteger das enchentes”, “Como se proteger das tempestades”, “Como evitar deslizamentos” e informações sobre o novo serviço de SMS (mensagem de texto). As ações estão sendo feitas nos horários de pico (das 7h30 às 9h e das 17h30 às 19h).

Para o secretário municipal de Segurança e Defesa Civil, Fernando Dini, a campanha é uma forma de aproximar ainda mais os agentes da população e levar os alertas antes das chuvas que chegam com o verão. “Junto da população buscamos não somente o mapeamento e as soluções, como também priorizamos a ação preventiva. Por isso é fundamental desenvolvermos esse trabalho agora, principalmente com os moradores das áreas de risco”, diz.

O coordenador geral da Defesa Civil, José Augusto de Barros Pupin, percorreu alguns bairros que são apontados de área de risco, como o Jardim Maria do Carmo, também para fazer essa ação de informação e conscientização. “A função da Defesa Civil, nesse primeiro momento, é de funcionar como uma formadora de agentes multiplicadores. Fazemos isso através da expansão dos Nudecs (Núcleos Comunitários) e também na ação ‘de porta em porta’ para que essa sementinha de informações seja plantada e espalhada”, ressalta.

CONTATOS E SMS – A Defesa Civil ainda colocou em operação o Serviço de Notificação de Emergência via SMS (mensagem de texto). Para se cadastrar, basta a pessoa enviar o CEP da residência para o número 40199, que passará a receber notificações sobre situações iminentes de desastres, emergência e/ou estado de calamidade pública, em sua região.

Enchente ou Inundação

É o transbordamento de água de calha normal de rios, mares, lagos e

açudes ou acúmulo de água no leito das ruas e nos perímetros urbanos,

por forte precipitações pluviométricas (quantidade de chuva),

em cidades com sistemas de drenagem deficientes.

Algumas causas:

Desmatamento de encostas e assoreamento dos rios, acúmulo de lixo nos bueiros

e rios que prejudicam o escoamento da água;

Insuficiência da rede de galerias pluviais;

Pavimentação de ruas e construção de calçadas, reduzindo a superfície de infiltração.

Alguns cuidados antes:

Tenha um lugar previsto, seguro, onde você e sua família possam se alojar

no caso de inundação;

Coloque documentos e objetos de valor em sacos plásticos bem fechados

e em local protegido;

Feche as portas, janelas e o registro de entrada de água;

Desconecte os aparelhos elétricos da corrente elétrica para evitar curtos-circuitos;

Retire todo o lixo e leve-o para áreas não sujeitas a inundações;

Retire os animais de estimação de casa.

Alguns cuidados durante:

Proteja a sua vida, a de seus familiares e amigos. Evite contato com as águas

de enchentes, elas estão contaminadas e podem provocar doenças;

Evite voltar para casa até as águas baixarem e o caminho estar seguro.

Só entre na água se for absolutamente necessário, usando botas de borracha.

Alguns cuidados após:

Tenha cuidado: veja se a sua casa não corre risco de desabar;

Remova a lama e o lixo do chão, das paredes, dos móveis e utensílios. Não use

equipamentos elétricos que tenham sido molhados;

Lave e desinfete os objetos que tiveram contato com as águas da enchente;

Evite beber água ou comer alimentos que tiveram contato com as águas da inundação,

pois eles podem estar contaminados.

Deslizamentos

Geralmente, os deslizamentos acontecem nos morros

e podem trazer sérios problemas, principalmente na

época em que ocorre muita chuva. Os deslizamentos

causam desabamentos e soterramentos.

Se você mora em morro ou encosta, aqui vão algumas dicas:

Plante grama e capim nas encostas do terreno. As raízes penetram no solo, evitando

assim seu desmoronamento.

Evite plantar bananeiras e árvores grandes como manga, mamão, abacate, entre outras.

Elas acumulam muita água no solo e podem provocar deslizamentos de terra.

Evite também cortes e aterros nas encostas para não enfraquecer o terreno.

Nunca construa próximo a barrancos. Quanto maior for a distância que você deixar, maior

será a segurança para a sua moradia.

Sabia que o lixo jogado nas encostas acumula água? Isso vai deixá-lo mais pesado e, se

escorregar, vai arrastar o solo junto com ele.

Nunca jogue água de pia, tanque ou chuveiro nas encostas. Além de ser errado e

contaminar o solo, umedece a área e aumenta o risco de deslizamento.

O melhor a fazer para a prevenção é instalar canaletas ou tubos para o escoamento

dessas águas usadas.

Atenção aos primeiros sinais de perigo:

Observe no terreno se árvores, postes ou muros estão com alguma inclinação anormal.

Observe rachaduras, trincas ou saliências no chão ou nas paredes.

Observe se o local tem água mais barrenta que o normal. Pode ter algum cano com

vazamento e infiltrando-se pelo terreno.

O que você deve fazer:

Saia imediatamente do local.

Procure abrigo em lugares sem perigo de deslizamento.

Informe a Defesa Civil. Ligue 199. A Defesa Civil quer proteger a sua casa.

Tempestades

Raio – É uma descarga elétrica proveniente de uma nuvem de trovoada.

Pode ocorrer, sem que haja chuva, pela eletrificação causada

por colisão de cristais de gelo ou também nas nuvens de cinzas

lançadas por um vulcão em erupção.

Tome alguns cuidados durante as tempestades.

Cuidados fora de casa:

Abrigue-se em uma casa, edifício ou em alguma instalação subterrânea, como o metrô.

Caso esteja em um veículo, não saia. Feche os vidros e não encoste nas partes metálicas;

Evite lugares abertos, como estacionamentos, praias, campos de futebol, etc.;

Se estiver no mar, rio, lago ou piscina, saia imediatamente;

Mantenha distância de objetos altos e isolados, como árvores, postes, quiosques,

caixas d’água, etc.;

Afaste-se de objetos metálicos grandes e expostos, como tratores, escadas,

cercas de arame, etc.;

Evite soltar pipas e não carregue objetos, como canos e varas de pesca;

Evite andar de bicicleta, motocicleta ou a cavalo;

Se não houver nenhum abrigo por perto, fique agachado com os pés juntos até

a tempestade passar. Não deite no chão.

Cuidados em casa durante a tempestade:

Afaste-se de aparelhos e objetos ligados à rede elétrica, como TVs, geladeiras e fogões;

Evite utilizar o telefone (a menos que seja sem fio ou celular);

Afaste-se de janelas, tomadas, torneiras, canos elétricos e evite tomar banho.

Verdades sobre as tempestades:

As descargas elétricas acontecem na maioria dos temporais;

Os raios são mais comuns no verão, mas podem ocorrer no inverno;

O raio pode cair duas ou mais vezes no mesmo lugar e normalmente atinge o objeto

mais alto de um determinado local;

Os raios podem matar.

Fonte: Defesa Civil de Sorocaba

Veja também

Escolas particulares podem receber alunos a partir desta terça (8)

O retorno gradual das aulas presenciais nas escolas particulares de Sorocaba começa nesta terça-feira (8). ...

Deixe uma resposta