Home / Notícias / Confira dicas de como curar a ressaca no Carnaval

Confira dicas de como curar a ressaca no Carnaval

O carnaval é a festa mais esperada do ano. Música, festa, e muita bebida. E para muitos o desconforto do dia seguinte, cabeça pesada, dor na nuca e na testa, sensibilidade a luz do dia gosto amargo na boca e um mal estar que não passa? É ressaca! Ela não ocorre com todo mundo, mais para algumas pessoas é infalível, basta beber e esperar pelo dia seguinte.

A ressaca é como o leigo costuma se referir aos efeitos indesejados do excesso de álcool sobre o nosso corpo, principalmente sobre o aparelho digestivo e o cérebro.

O álcool é um potente irritante da mucosa gástrica e pode causar de forma variável dor e náuseas após sua ingestão exagerada.

O excesso de álcool também ataca o sistema nervoso central e provoca sono e irritação; corrompe mecanismos químicos cerebrais, ocasionando dor-de-cabeça; irrita as mucosas do aparelho digestivo, causando náuseas, vômito e diarréia; e inibe a ação do hormônio antidiurético, levando a sede e boca seca.

Para diminuir os efeitos da ressaca a nutricionista dá algumas dicas:

• Aumente a tolerância de seu organismo fazendo o álcool entrar mais lentamente na corrente sangüínea. Procure fazer uma boa refeição antes de ingerir bebida alcoólica. Comidas como carboidratos vão aumentar sua resistência.

• O ideal é beber moderadamente. Intercale a bebida com quitutes e copos de água. Mas evite petiscos muito salgados, que aumentam a sede, a não ser que você opte por água;

• Quanto mais água, melhor. Antes, durante e depois de beber. A água dilui o álcool e reduz as chances de intoxicação. Facilita o trabalho do fígado e dos rins, que eliminam mais rapidamente os resíduos tóxicos do organismo.

• Evite o famoso cafezinho amargo, muitas vezes recomendado para diminuir a dor-de-cabeça. A bebida também tem propriedades diuréticas, ou seja, desidrata ainda mais o seu corpo;

• Algumas ervas ajudam a renovar as células hepáticas e, assim, acelerar o processo de purificação das toxinas do álcool que estão no corpo. Chás de salsaparrilha, erva-picão, macela e erva-cidreira são excelentes desintoxicantes. Depois das refeições, o chá verde e o de hortelã facilitam a digestão.

• Não se deve exigir demais do organismo, que já está estressado. Procure descansar e relaxar no dia seguinte 

• Embora a ressaca seja inevitável se você ingerir muito álcool, ela pode ser ainda pior: batidas, licores e uísque geram mais desconforto por causa da concentração e da mistura de substâncias;

• A ingestão de sucos e frutas, para repor as vitaminas e os sais minerais perdidos na batalha contra o álcool. 

• A primeira refeição deve ser leve. Purê de batata, canja de galinha ou um chá de boldo, de preferência ajudam a estabilizar novamente o organismo.

Massagens relaxantes podem ajudar a descansar o corpo e a mente.

Veja também

Fernando Dini cobra regulamentação do recesso dos auxiliares de educação no município

Vereador salienta que ausência da norma dificulta organização das creches municipais no recesso escolar Por ...

Deixe uma resposta