Home / Notícias / Campanha orienta e incentiva o diagnóstico da hanseníase

Campanha orienta e incentiva o diagnóstico da hanseníase

A Secretaria da Saúde de Sorocaba (SES), por meio do Programa Municipal de Controle da Hanseníase, promove entre os dias 20 e 31 de outubro mais uma edição da Campanha de Combate à Hanseníase, com o objetivo de divulgar os sinais e sintomas da doença e conscientizar a população sobre a importância do diagnóstico precoce.

Todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da cidade estão examinando casos suspeitos e, se for necessário, fazendo o encaminhamento adequado.

O Programa Municipal de Controle da Hanseníase funciona na Policlínica Municipal de Especialidades e, além de notificar os casos, tratar o paciente com medicamentos e fornecer acompanhamento multidisciplinar, também acompanha os familiares.

A hanseníase é uma doença infecciosa, de evolução lenta, causada pelo bacilo de Hansen ou Mycobacterium leprae, que se manifesta principalmente por meio de sinais e sintomas dermatoneurológicos: lesões na pele e nos nervos dos braços, mãos, pernas, pés, rosto, orelhas, olhos e nariz. 

O período de incubação, ou seja, o tempo entre o contágio e o aparecimento dos sinais e sintomas da doença é longo para uma doença bacteriana, podendo chegar até sete anos. Esse bacilo é capaz de infectar grande número de pessoas, mas poucos adoecem. A transmissão acontece por meio de uma pessoa doente que apresenta a forma contagiante da doença e que, não estando em tratamento, elimina o bacilo por meio das vias respiratórias: secreções nasais, tosse ou espirro.  

As ações de orientação e diagnóstico precoce da hanseníase são realizadas durante o ano todo na Rede Municipal de Saúde. Qualquer dúvida que alguém possa ter sobre a doença pode ser esclarecida diretamente na Policlínica, que fica no Jardim Santa Rosália, de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h.

Atividades especiais

Entre os dias 20 e 24 de outubro, um profissional do Programa da Hanseníase estará na Praça Coronel Fernando Prestes, no Centro, junto com a equipe do Ônibus da Mulher. A população terá acesso a material educativo e poderá tirar dúvidas sobre a doença, sinais e sintomas, exames, medicamentos e tratamento.

No dia 22 de outubro, às 13h30, na Escola de Gestão da Prefeitura de Sorocaba, os profissionais da rede irão ter uma capacitação sobre a hanseníase: o que é a doença, sinais e sintomas, forma clínica da doença, tratamento e orientações de autocuidado.

Em Sorocaba, neste ano, até o dia 15 de outubro, foram notificados 46 casos de hanseníase, sendo que todos eles estão em tratamento. Veja mais detalhes sobre a doença no município no boletim epidemiológico divulgado pelo Programa Municipal de Controle da Hanseníase  da SES.

Fonte: Silvia Arruda/Secom

Veja também

Escolas particulares podem receber alunos a partir desta terça (8)

O retorno gradual das aulas presenciais nas escolas particulares de Sorocaba começa nesta terça-feira (8). ...

Deixe uma resposta