Home / Notícias / Campanha de vacinação contra a gripe Influenza é prorrogada

Campanha de vacinação contra a gripe Influenza é prorrogada

A Secretaria da Saúde (SES) prorrogou, até o dia 3 de junho, a campanha de vacinação contra a gripe Influenza, 2015, cujo prazo inicial terminaria nesta sexta-feira (22). A medida é uma recomendação da Secretaria de Estado da Saúde, uma vez que a meta de vacinar 80% do público-alvo não foi atingida na maioria dos municípios.

O objetivo local era vacinar 101.173 pessoas durante a campanha. Porém, até a última quarta-feira (20), 65.505 munícipes haviam procurado imunização, o que corresponde a 51,6% de todo o público-alvo na cidade, que é de 126.467 pessoas.

O índice local é baixo, aponta a Divisão de Vigilância Epidemiológica (VE) da Secretaria de Saúde (SES), uma vez que a imunização é gratuita. Isso mesmo se for levado em conta que no Brasil o percentual é de 47,58%, contra 48,35% no Estado todo e de 50,46% na área da regional de Saúde, que engloba Sorocaba e mais 32 municípios.

Das 35.657 crianças de 6 meses de idade até 4 anos e 11 meses de idade, 16.606 foram imunizadas, o que dá 46,57% do total. Quanto ao grupo das gestantes, 2.732 (39,98%) foram vacinadas, de um total de 6.834, contra 632 (56.28%) das 1.123 puérperas. Entre os adultos com 60 anos ou mais, 41.687 já aderiam à campanha, o que perfaz 63,25% dos 65.906 do total.

 Portadores de doenças crônicas

 

Caso a campanha leve em consideração as 10.437 doses aplicadas em portadores de doenças crônicas, grupo que não integra o público-alvo da ação, mas que também está sendo contemplado, a quantidade de doses aplicadas chega a 75.942 em Sorocaba. Fazendo parte desse grupo de comorbidades, há no município ao todo 37.986 pessoas.

A campanha começou no último dia 4 e a vacina disponível é do tipo trivalente, que protege da gripe A/H1N1 e contra outros dois tipos do vírus Influenza: o A/H3N2 e ‘B’.

Fonte: Secom/ Eduardo Santinon

Veja também

Fernando Dini cobra regulamentação do recesso dos auxiliares de educação no município

Vereador salienta que ausência da norma dificulta organização das creches municipais no recesso escolar Por ...

Deixe uma resposta