Home / Notícias / Câmara aprova instituição das feiras livres como Patrimônio Cultural Imaterial

Câmara aprova instituição das feiras livres como Patrimônio Cultural Imaterial

Foi aprovado em primeira e segunda discussão na 22ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Sorocaba, realizada na manhã desta quinta-feira, 27, o Projeto de Lei nº 79/2017, de autoria do vereador Fernando Dini (PMDB), que institui as feiras livres como Patrimônio Cultural Imaterial da Cidade de Sorocaba.

O parlamentar lembra que Sorocaba tem a tradição nesse comércio desde as Feiras de Muares, onde a cidade, por força de sua situação geográfica privilegiada, transformou-se no eixo geo-econômico entre as regiões norte e sul do Brasil. “Tem-se portanto, que a história das feiras-livres de Sorocaba teve início entre 1750 e 1897, passando a ser intimamente ligada ao tropeirismo”, diz.

A prática cultural sorocabana em comprar nas feiras perdura desde então, agregando valores e acomodações sociais resultantes do próprio desenvolvimento natural da sociedade. “As feiras-livres devem ser consideradas como patrimônio cultural a ser transmitido de geração em geração, preservando e valorizando sua prática que faz parte da própria história do desenvolvimento da cidade”, cita o vereador.

Veja também

Escolas particulares podem receber alunos a partir desta terça (8)

O retorno gradual das aulas presenciais nas escolas particulares de Sorocaba começa nesta terça-feira (8). ...

Deixe uma resposta