Home / Notícias / Audiência Pública nesta quarta-feira debate a erradicação do Trabalho Infantil

Audiência Pública nesta quarta-feira debate a erradicação do Trabalho Infantil

Debater e incentivar a erradicação do trabalho infantil. Esse é o tema da Audiência Pública, de autoria do vereador Fernando Dini (PMDB), que será realizada nesta quarta-feira (19), às 9h, na Câmara Municipal de Sorocaba. O evento contará com autoridades e especialistas sobre o assunto e é aberto à população.

O objetivo desse programa é de retirar crianças e adolescentes do trabalho perigoso, penoso, insalubre e degradante; possibilitar o acesso, a permanência e o bom desempenho de crianças e adolescentes na escola. “Em contrapartida, devemos fomentar e incentivar a ampliação do universo de conhecimentos da criança e do adolescente, por meio de atividades culturais, esportivas, artísticas e de lazer no período complementar à escola, ou seja, na jornada ampliada”, diz o vereador, que também é o presidente da Comissão dos Direitos da Criança e do Adolescente, na Câmara.

Segundo o último censo divulgado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), em 2010 havia 3,4 milhões de crianças e adolescentes trabalhando, representando 3,9% das 86,4 milhões de pessoas ocupadas com 10 anos ou mais de idade.

Esse número equivale a uma diminuição de 13,44% no país, entre 2000 e 2010, porém, também mostra que, ao analisar as distintas faixas etárias, observa-se um aumento no grupo mais frágil: o trabalho infantil entre 10 e 13 anos. “É o que nos traz ainda mais preocupação, pois essa faixa etária corresponde aos anos anteriores à conclusão do ensino fundamental e seu impacto sobre a aprendizagem é imediato! São problemas e possíveis soluções para temas como esse que iremos debater na audiência desta quarta-feira”, lembra o vereador.

Veja também

Escolas particulares podem receber alunos a partir desta terça (8)

O retorno gradual das aulas presenciais nas escolas particulares de Sorocaba começa nesta terça-feira (8). ...

Deixe uma resposta