Home / Água armazenada da chuva é boa para o consumo?

Água armazenada da chuva é boa para o consumo?

A crise hídrica que assola o país produz impacto direto na preservação da saúde da população. A falta ou escassez de água compromete seriamente as condições adequadas de higiene e limpeza, potencializando os riscos à saúde.

Nesse contexto, uma prática de economia que vem ganhando muitos adeptos é o armazenamento de água da chuva. O infectologista Claúdio Gonsalez, do Hospital Villa-Lobos, alerta que a água da chuva é imprópria para o consumo e não pode ser utilizada nos alimentos. Seu uso não potável pode ajudar na higienização de pisos e calçadas, irrigação de jardins, lavagem de roupas, entre outros.

Entretanto, mesmo para esse tipo de uso, algumas precauções precisam ser tomadas:

– Coleta: durante a coleta, a água passa por superfícies (telhados, calhas e condutores) que não são higienizados e favorecem a coleta da água contaminada.  Verifique e cuide da limpeza periódica das superfícies que terão contato com a água a ser coletada. As bactérias, protozoários e demais germes presentes na água contaminada podem causar diversas doenças sistêmicas ou de pele.

– Armazenamento: assim como a coleta o armazenamento também requer alguns cuidados. O primeiro é garantir a higienização dos recipientes e reservatórios que farão o armazenamento. Em seguida, verificar se tais recipientes não foram previamente utilizados para o armazenamento de produtos tóxicos ou “venenosos”. E finalmente, mantê-los em lugar seguro, evitando desgaste ou contato com fontes poluidoras e/ou animais.

Além desses cuidados básicos, evite deixar a água estocada por muito tempo e mantenha os recipientes bem tampados para evitar focos do mosquito da dengue.

Independente da crise, medidas de economia e uso inteligente da água (e outros recursos) precisam ser incorporadas definitivamente em nossa rotina.

Fonte: Boa Saúde/ Terra

Veja também

Fernando Dini cobra regulamentação do recesso dos auxiliares de educação no município

Vereador salienta que ausência da norma dificulta organização das creches municipais no recesso escolar Por ...

Deixe uma resposta