Home / Notícias / A um mês e meio de Sorocaba sediar Jogos Regionais, Ginásio está abandonado

A um mês e meio de Sorocaba sediar Jogos Regionais, Ginásio está abandonado

A apenas dois meses de Sorocaba sediar os Jogos Regionais, o Ginásio Municipal de Esportes Doutor Gualberto Moreira continua em estado de abandono. A precária situação foi confirmada nesta sexta-feira pela manhã, quando a Comissão de Esportes de Sorocaba fez uma visita surpresa ao local. Fazem parte dela, o vereador Waldecir Morelly (PRP – presidente), Fernando Dini (PMDB) e Antônio Carlos Silvano (SDD).

De acordo com a administração, desde terça-feira passada, a empresa terceirizada que faz a limpeza do ginásio e seu entorno não está mais trabalhando para a prefeitura. Os próprios funcionários que ficam no ginásio estão cumprindo essa função.

A reclamação de usuários e moradores da região dá conta da sujeira constante, de pichadores e falta de policiamento. “O ginásio está em uma situação de calamidade. Já fizemos esse pedido. Inclusive demos uma volta com o prefeito Antônio Carlos Pannunzio pelo lado externo, mas até agora nada foi resolvido”, diz o vereador Fernando Dini.

Já Waldecir Morelly pede pela conscientização dos sorocabanos. “O local não está recebendo a manutenção devida, mas também precisamos fazer nossa parte. Segundo os funcionários e denúncias além do lixo não é difícil encontrarmos entulhos deixados na calçada, como sofás. Tem de haver colaboração”, diz.

Como já relatado anteriormente em visita feita pelo vereador Fernando Dini, a pichação ainda toma conta das paredes do ginásio, encanamentos e telhado estão sendo arrancados e até os degraus das escadas que dão acesso ao local estão se soltando.

Na grama alta, garrafas de bebidas alcoólicas, camisinhas e até cachimbos usados para consumir drogas são encontrados. Fora a situação dos moradores de rua que utilizam as coberturas do ginásio como moradias.

Dentro, o cenário também preocupa. Das 32 lâmpadas que iluminam a quadra, 12 delas (quase 40%) estão queimadas. Se for levado em conta todas as lâmpadas internas, 50% estão sem funcionar.

A quadra, que não recebe uma manutenção mínima desde 2011 (a última reforma completa foi em 2002), tem marcações feitas através de fitas adesivas. A entrada para o público, atrás de um dos gols, tem um buraco no chão tampado apenas por uma velha madeirite. A tinta de grande parte das arquibancadas está descascando.

A verba para a manutenção geral do ginásio é de R$ 1 mil por mês. “Como é que receberemos atletas, técnicos, pessoas de outras cidades em nosso ginásio e mostraremos esse cenário de abandono e falta de estrutura para eles? É lamentável uma cidade como Sorocaba ser obrigada a passar por tal constrangimento”, ressalta a comissão.

Um relatório da visita será elaborado e entregue ao prefeito Antônio Carlos Pannunzio para que tome as providências cabíveis para contornar a atual situação.

Veja também

Escolas particulares podem receber alunos a partir desta terça (8)

O retorno gradual das aulas presenciais nas escolas particulares de Sorocaba começa nesta terça-feira (8). ...

Deixe uma resposta