Home / Notícias / A Quaresma e as regras da vida

A Quaresma e as regras da vida

Confiram este questionário, que exige a mais profunda sinceridade íntima, para podermos fazer a nossa Revisão de Vida nesta Quaresma.

Se na realidade almejamos uma vida de pureza espiritual, uma vida de poder, uma vida de utilidade, uma vida de limpeza interior, cada um de nós deve procurar um lugar solitário durante a Quaresma e fazer um exame de sua vida diante de Deus, à luz destas perguntas.

Uma vez removido o obstáculo, o Espírito Santo que em nos já habita, tomará conta de nossa vida e nos utilizará para a glória de Cristo.

Faça uma oração ao Pai, acalme sua mente e só então responda ao questionário, sem tentar subterfúgios, sem enganar a si mesmo.

Assim, responda a você mesmo:

1- Já perdoei a todos? Há qualquer malícia, despeito, ciúme, ódio ou inimizade em meu coração? Será que alimento rixa contra alguém e que me recuso a fazer reconciliações?

2- Será que eu me zango com frequência? Há alguma revolta dentro de mim? Será verdade que costumo perder a calma? Será que o ódio me domina com suas garras, uma vez ou outra?

3- Há dentro de mim algum sentimento de ciúme? Quando outro recebe preferência, isso porventura me aborrece e me provoca inveja? Tenho ciúme daqueles que oram, falam e fazem as coisas melhores que eu? Mantenho ciúmes infantis de familiares?

4- Será que me impaciento ou me irrito? As coisas sem importância me incomodam e amolam? Ou será que me mantenho calmo (a), dócil, cortês sob quaisquer circunstâncias?

5- Fico ofendido (a) com facilidade? quando alguém deixa de notar a minha presença num acontecimento público, ou passa por mim sem falar, isso me magoa? Costumo ter melindres?

6- Existe algum orgulho em meu coração? Faço juízo muito favorável a meu respeito? Será que penso muito em minha posição e em meus feitos?

7- Será que tenho sido desonesto (a)? Minhas transações estão acima de qualquer crítica? Será que meu metro tem cem centímetros e meu quilo mil gramas?

8- Tenho falado mal dos outros? Tenho caluniado o caráter alheio? Será que sou intrigante e falador (a)?

9- Critico sem consideração, com grosseria e severidade? Vivo procurando as falhas e defeitos alheios, distraindo-me para não ver meus próprios erros frequentemente piores dos que o do criticado?

10- Estou roubando a Deus? Estou usando para outro fim o tempo que pertence a Ele? Estou com dinheiro que lhe pertence

11- Tenho furtado? Aposso-me de objetos, ainda que de pequeno valor, que não me pertencem?

12- Será que me apropriei de alguma coisa e não fiz restituição? Ou será que o espírito de Zaqueu se apossou de mim? Mantenho comigo, indiferente, coisas que emprestei e nunca me animo a devolver?

13- Sou mundano (a)? Gosto do brilho, da pompa, da exibição?

14- Abrigo o espírito de amargura contra alguém? Existe ódio em meu coração? Não esqueço e guardo mágoa quando me criticam?

15- Estou vivendo com leviandade e frivolidade? Minha conduta está sendo equívoca? Será que pelos meus atos o mundo me considera como sendo dele? Me faço de desentendido (a) quando quero falar mal dos outros, quando quero fazer intrigas? Invento a mim mesmo (a) injustificadas razões para cometer essa torpeza?

16- Estou sempre contrariado (a) ou ansioso (a)? Não consigo confiar em Deus quanto às minhas necessidades temporais e espirituais? Será que estou antecipando dificuldades antes que elas surjam?

17- Tenho pensamentos lascívos? Permito que minha mente imagine coisas impuras e condenáveis?

18- Costumo falar sempre a verdade em minhas afirmações, ou tenho o hábito de exagerar, dando impressões falsas? Falo mentiras? Faço uso do nome de outros para reforçar intrigas?

19- Sou culpado (a) do pecado da incredulidade? A despeito de tudo o que Deus fez por mim, ainda persisto em não crer nas promessas de Sua Palavra?

20- Tenho cometido o pecado de não orar como deveria? Sou intercessor (a)? Oro? Quanto tempo gasto de joelhos? Será que eliminei a oração de minha vida? Será que me apresento em oração com o coração repleto de sentimentos negativos?

21- Estou negligenciado a Palavra de Deus? Quantos capítulos leio diariamente? Estudo a Bíblia, ou recorro às Escrituras só quando preciso de ajuda?

22- Tenho deixado de me confessar a Cristo? Fico calado (a) quando me cercam pessoas mundanas? Estou dando testemunho de Deus todos os dias?

23- Estou preocupado (a) e ansioso (a) com a salvação das almas? Tenho amor pelos perdidos? Há em meu coração compaixão por aqueles que estão perecendo?

24- Há quanto tempo não visito uma pessoa necessitada?

25- Falo com amor às pessoas? Ou sou áspero (a) e desagradável?

26- Estou fazendo caridade esquecendo de atender primeiramente meus familiares? Respeito meus familiares, sendo amoroso (a) e condescendente com suas vontades? Acompanho-os em passeios que são de seu agrado?

27- Que nota eu me daria ao tratamento que dou ao meu cônjuge? Costumeiramente dirijo-me ao meu cônjuge com amor, carinho e respeito? Estou absolutamente convencido (a) que dou ao (à) meu (minha) cônjuge tudo o que o (a) alegra?

28- Quanto tempo por semana me dedico a conversar com meus filhos? Que tenho ensinado a eles? Tenho dado bons exemplos a eles? O que digo reflete o que verdadeiramente sou? Com que constância digo que os amo? Abençoo-os? Critico-os amorosamente, ou com palavras duras e negativas?

29- Que atenção tenho dado à Natureza? Como trato os animais e as plantas? Sou engajado (a) em algum movimento de proteção ao meio-ambiente? ou convenientemente me justifico dizendo que meu trabalho não faria diferença? Dou bons exemplos aos meus filhos, nesse quesito?

30- Tenho atos contemplativos junto à Natureza?

31- Tenho ampliado meus conhecimento, fazendo cursos e/ou novos estudos proveitosos? Qual é o meu grau de cultura? Que importância você dá ao conhecimento, em especial o que se passa na sua cidade, no seu país, no mundo?

32- Exerço honesta e competentemente a minha profissão?

33- Que atenção tenho dado aos meus pais? Faço-os sentir o meu amor? Luto para vencer barreiras existentes entre nós? Respeito com carinho e paciência os limites que a vida lhes impõe? Sou paciente e prestativo(a) com eles?

34- Dou às pessoas humildes e subalternos o mesmo tratamento que dou às pessoas de grande projeção e aos meus superiores?

35- Como tem sido minha alimentação? Tenho me alimentando moderadamente ou tenho permitido excessos injustificáveis?

36- Tenho o hábito de ingerir bebida alcoólica? Fumo? Uso drogas?

37- Que tenho feito em favor do meu próximo?

38- Quando me dirijo às pessoas, sou educado (a), amoroso (a), cortês? Costumo ser sempre uma presença delicada e edificante? Critico as pessoas com doçura ou com impiedade? Ou sou arrogante com alguns e subalterno com outros?

39- Minhas leituras têm sido edificantes? Suas distrações revelam seu nível de evolução : quais são elas?

40- Faço parte de alguma obra assistencial? Sou atuante? Se tenho função de comando, tenho humildade para aceitar e até mesmo solicitar opiniões dos demais dirigentes?

41- Sou vaidoso (a)? Costumo enaltecer e agradecer o auxílio de meus auxiliares, ou me arrogo o sucesso dos meus empreendimentos, esquecendo dos que contribuíram para sua realização? Em minhas conversações, prevalece o “eu” ou o “nós”?

42- Sou verdadeiramente honesto? Costumo pagar com justiça as pessoas que trabalham para mim? Recuso-me a adquirir bens advindos de desonestidade (CDs e DVDs, programação de tv a cabo, animais silvestres, alimentos sob proteção ambiental, e toda sorte de pirataria)?

43- Sei elogiar o trabalho ou opinião dos outros ? Ou me irrito interiormente se alguma boa ideia não partiu de mim?

44- Minha posição política é atuante, ou reclamo sem fazer nada ou até mesmo sem conhecimento dos fundamentos das circunstâncias ? Qual o meu grau de cultura política em todos os níveis?

45- Findo este questionário, quais os meus propósitos para esta Quaresma, com a ajuda do Cristo, o Jesus Filho de Deus

Desejamos que ao final dos quarenta dias desta Quaresma, você seja um “vaso novo”, para honra e glória de Deus!

Amém

Veja também

Escolas particulares podem receber alunos a partir desta terça (8)

O retorno gradual das aulas presenciais nas escolas particulares de Sorocaba começa nesta terça-feira (8). ...

Deixe uma resposta